O corpo

poema o corpo

Eu não te amo;
Meu corpo te ama.
Amor sudorêico,
Inundado de ocitocina, endorfina, serotonina, prostaglandina, dopamina.
Estrogenizado,
Androgenizado,
Agoniado; e
Amargurado.
Eu não te amo,
Meu corpo te ama.
Taquicárdico; dispnéico;
Ruborizado;
Vasodilatado;
Lubrificado.
Eu não te amo,
Meu corpo te ama.
Obnubilado, alucinado,
Extasiado.
Eu não te amo,
Meu corpo te ama.
Fala sem emitir som,
Implora sem curvar-me.
Eu não te amo,
É meu corpo que te quer!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.