Por mim

Por mim
 
Definitivamente
Não é fácil ser eu
Tantas lutas a travar
Tantas coisas a provar
E conquistas a mostrar
Para mim mesma
Amores mal amados
Casos inacabados
Corações partidos
Lágrimas derramadas
Por mim mesma
 
Não
Não é fácil ser eu
Acordar, levantar, caminhar, sonhar
Concretizar
Tudo
Por mim mesma
 
Quem vai aplaudir?
Quantos se beneficiarão?
A quem quero agradar?
Senão a mim mesma
 
O que a lápide vai dizer?
"Aqui jás uma mulher que fez tudo, por si mesma".
 
(Franciele Minotto)
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s