Tranquilidade

Tranqüilidade

 

Quem acostuma com a tranqüilidade,

Com uma vida sem novidade,

Sem novas oportunidades?

Será que sou diferente,

Ou simplesmente, exigente?

Sou muito controlada,

Ou demasiado atordoada?

Qual o plano na tranqüilidade?

Viver na banalidade?

A vida em suspensão;

Sinto falta de emoção.

Dinheiro não preenche meu coração.

 

(Franciele Minotto)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.