O Primeiro

Com você

Como fui injusta com você.
Com você, que tem o dom da palavra
E cativou meu coração
Com você, o idealizado, o sonhado
O culpado.
Como fui injusta com você
Com você, meu héroi alado
Alma gêmea
Separada pela geração.
Agora entendo minha sensação de abandono.
Como fui injusta com você
Com você, tão distante e semelhante
E as respostas, todas comigo.
Ainda não sei expressar meu amor
Talvez com medo de perdê-lo mais uma vez
Algumas peças se encaixaram
A couraça já não é tão dura
Posso sonhar com a felicidade
Agora sei que não estou sozinha
Perdoe-me por ter sido injusta
Com você

Franciele Minotto

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.